II DURATRAIL PROAVENTURAS – que prova DURA e BRUTAL

Hoje, dois dias depois, ainda tenho algumas dificuldades em expressar tudo o que senti no passado sábado, mas tenho a certeza de uma coisa, foi a prova mais dura em que já participei…
Passava pouco das 7h30 quando cheguei a Setúbal para levantar o dorsal, que decorreu sem qualquer problema. Saí do quartel dos Bombeiros locais e fui a um café, para a primeira dose de cafeína!!! De seguida e como ainda era cedo, aproveitei para uma pequena caminhada(1/2 kms),para começar a ativar o sistema, antes de ir ao carro equipar e buscar o material.

golf

Como havia a informação que a prova teria uma espécie de milha de aquecimento a 7/km não me preocupei muito com o aquecimento, tendo aproveitado o tempo que antecedeu a partida para por a conversa em dia com alguns companheiros que já não via à algum tempo, ficando a conhecer alguns elementos da equipa por quem corri a prova, os “ToughTrails” de Alenquer. Às 9h10 foi dada a partida para a prova, com os tais 1600mts de aquecimento a serem cumpridos um pouco abaixo do combinado (mais para os 6/km), até à subida para a Pousada de São Filipe em que parámos, agrupámos e foi dada a partida oficial!

part

Os primeiros 10 kms foram feitos num sobe e desce constante,onde apanhámos a brutassaurus e a durassaurus, duas subidas que deram bastante luta, não havendo nestes primeiros kms zonas onde se pudesse correr a uma intensidade constante, uma vez que as subidas eram duras e as descidas terríveis (vi um companheiro enrolar-se nos bastões mesmo à minha frente, que ainda estou para perceber como não se magoou mais).

IMG_8518 IMG_8517 IMG_8512

Depois a coisa acalmou um bocado, refrescámos as pernas num ribeiro (com direito a 3 ou 4 passagens lá por dentro) e entrámos num single track espetacular (aliás singles foi coisa que não faltou neste trail), que não era mais que o curso de uma ribeira seca em que as margens em algumas partes, estava a mais de 2/3 metros de altura, onde tivemos de passar por baixo de raízes e ramos… Sem palavras mesmo. No final da ribeira, “escalávamos” a margem (com uma pequena queda de água do lado esquerdo) e voltávamos ao alcatrão.

IMG_8821IMG_8823ribeira
Depois foi controlar as coisas até aos 19kms onde ficava o abastecimento e a separação. Aqui as dúvidas do que fazia assolaram-me um bocado mas resolvi continuar com o objetivo a que me tinha proposto… É para subir, a malta sobe!!!

vigiasubida2 (1)E que subida… A marcar o inicio da subida, uma placa “Subida da Vigia AUA”… Foram 49 minutos para percorrer 3,98 kms!! Alguns a gatinhar, muitos a praguejar mas depois quando estamos quase a chegar (a cerca de 500mts e 68 de desnivel, como dizia um companheiro que lá estava a tirar umas fotos), e vemos aquela vista… Até subo duas vezes!!! Chegando lá a cima… Tira as palavras… 360º com uma vista do outro mundo. Vemos a península de Troia de um lado, vamos para o outro lado e vemos a bacia do Tejo (Ponte Vasco da Gama e tudo!!). Assim vale a pena.

vigiaaaaaaaaaaaaavigiaaaaa

Como qualquer coisa, penso em sentar-me mas depressa desisto… As cãimbras dão sinal e percebo que se ficar sentado já não saio dalí… Vamos lá embora descer isto.E foram cerca de 40 minutos a descer pouco mais de 5kms, tal não era a descida!!!

descida

Ultimo abastecimento, ultima subida a doer e liga-me a Susana. “Estou quase, faltam só 3 kms” digo eu… 3 kms que foram 4 quase 5, em que voltámos a descer um single que numa curva só dava para ver uma rocha e um mar tão azul que só apetecia saltar e que no final nos deixava… na praia! Não bastasse tudo o que nos tinham proporcionado, ainda nos punham a correr por duas vezes na areia da praia… DUROS!!!!

IMG_9634 IMG_9635

Depois foi disputar ao sprint com os meus 4 companheiros de final de prova (meti o modo caracol GT e ganhei-lhes!!!). Como disse no inicio, foi a prova mais DURA que alguma vez fiz… Para o ano estou lá outra vez!! Tudo 5 estrelas (abastecimentos, pessoal a apoiar, trilhos e respetiva marcação, entrega de dorsais, medalha no final, fotografos quase a cada quilometro)… Parabéns por tudo!

meda

O Computador de bordo indica o seguinte:

Distância: 38,03 kms
Tempo: 5h45m52s
Ritmo Médio Deslocamento: 8:48 min/km
Acumulado: 1443 mts
FC média:153 bpm
Calorias: 3828 kcal
Dores: muitas
Satisfação: imensa!!!!!
Classificação (Geral/Categoria): 127º/54º
Equipa: ToughTrails Alenquer – 1º lugar por equipas e Equipa com maior numero de elementos

#zeroimpossiveis #duratrail #toughtrails

Advertisements

One response to “II DURATRAIL PROAVENTURAS – que prova DURA e BRUTAL

  1. Obrigada João pelo teu relato … é sempre inspirador ler dos companheiros runners, a mim inspira-me e ao ler penso, ainda gostava de ser como esta malta. Quiça o coração me deixe, já que as pernas, nem sempre lhes ligo às queixas. Força e continua sempre.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s